Recomendações para a aquisição de livros eletrónicos em bibliotecas através do modelo Patron Driver Adquisition (PDA)

aquisição

Demand Driven Acquisition of Monographs: A Recommended Practice. The
National Information Standards Organization (NISO)
Approved: June 24, 2014

Download

Patron Driver Adquistion o adquisición impulsada por el usuarios consiste en un modelo de adquisición en el  que el editor pone a disposición de la biblioteca un número de títulos, que sólo se adquieren de manera efectiva cuando se establece un número acordado de usos. El modelo de adquisición PDA obliga a la biblioteca a acordar con el agregador los límites de este programa para configurar la compra automática “activa”, basada en la demanda de copias. Este modelo es especialmente útil para las bibliotecas que ofrecen varias copias de los títulos más vendidos.

Muchas bibliotecas han adoptado el modelo PDA (también conocido como adquisición impulsada por el usuario) para adecuar sus colecciones a la demanda de los usuarios. PDA facilita comprar sólo lo que se necesita, lo que permite a las bibliotecas gastar la misma cantidad de dinero que gastaban anteriormente en monografías, pero garantizando con una mayor tasa de uso. Sin embargo, este modelo requiere que las bibliotecas desarrollen e implementen nuevos procedimientos para añadir títulos a un “pool” de obras en posible consideración de compra en un período futuro, proporcionar métodos de descubrimiento de títulos, y decidir cuándo se compra un título o sólo se alquila temporalmente, y cómo se gestiona la adquisición de múltiples formatos de un título.

Este documento da una serie de recomendaciones que permitirán a las bibliotecas desarrollar planes de PDA que cumplan con diferentes necesidades locales de adquisición y presupuesto, al tiempo que permiten la participación consorciada y la participación de distintos agregadores. Y ofrece las mejores prácticas para poblar y administrar un grupo de títulos bajo consideración para la compra potencial, incluyendo métodos para la actualización automatizada y la eliminación de los registros de descubrimiento; desarrollo de modelos consistentes  y maneras en las que las soluciones de impresión bajo demanda (POD) se pueden vincular a PDA.

 

Visto aqui.
Anúncios
Publicado em Bibliotecas | Etiquetas | Publicar um comentário

Ler e escrever… por Teresa Calçada

 

Teresa Calçada no evento TIC@Portugal´17, no auditório da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova, Monte da Caparica.

Trata-se de uma iniciativa da Associação EDUCOM – APTE (Associação Portuguesa de Telemática Educativa), através do seu Centro de Competência TIC e do seu Centro de Formação de Professores.

Dia 7/7/2017

Publicado em Bibliotecas, Educação, escrever, Leitura, Ler, Literacia, Portefólio pessoal, português, Recursos | Publicar um comentário

Discurso no evento de entrega de prémios do projeto Conta-nos uma história

 

28 de junho de 2017, na Maia.

8.ª edição do Concurso “Conta-nos uma História”

Publicado em Leitura, Ler, Portefólio pessoal | Publicar um comentário

Porquê usar a tecnologia?

Anna Penido, diretora do Instituto Inspirare (Brasil), fala do impacto da tecnologia na educação.

Publicado em Brecha Digital, Educação, TIC, Vídeos | Publicar um comentário

A revolução dos dados na educação

datarevolutionThe data revolution in education. [e-Book]  Paris, Unesco, 2017.

A ambiciosa agenda para o Desenvolvimento Sustentável em Educação 2030 requer que os países informem mais e disponham de dados de qualidade para acompanhar o progresso e informar sobre as suas políticas de educação e aprendizagem. A geração e difusão das estatísticas de educação de alta qualidade é essencial para a planificação eficaz, assim como para o seguimento dos objetivos nacionais e mundiais da educação.

Fonte.
Publicado em estatística, livros | Etiquetas | Publicar um comentário

Tutela e Privacidade na Internet | eBook

Escrito ao longo de 2008 e revisto ao longo de 2011, a obra é fruto de tese de Doutoramento apresentada por Marcel Leonardi à Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, defendida em sessão pública realizada em 22 de maio de 2009, que recebeu a nota máxima da banca examinadora e aprovação “com louvor”.
Tutela e Privacidade na Internet foi indicado ao Prêmio Jabuti 2012, na categoria Direito.
Entre outros aspectos, o livro:
– aborda uma nova maneira de interpretar o direito à privacidade na era digital;
– analisa, à luz da regra da proporcionalidade, diversos mecanismos de tutela de direitos no âmbito da Internet;
– alerta para a necessidade de ponderação na utilização de medidas de apoio;
– oferece propostas concretas para tentar solucionar alguns dos desafios jurídicos decorrentes da Rede;
– apresenta um panorama do direito à privacidade no Brasil, com as noções tradicionais da doutrina e da jurisprudência, suas virtudes e seus defeitos;
– propõe um conceito plural de privacidade, de modo a tutelar um amplo conjunto de situações;
– apresenta elementos para a valoração da privacidade, destacando que seu peso decorre principalmente de sua dimensão social;
– analisa formas de regulação, arquitetura da Rede e limitações dos mecanismos tradicionais de tutela;
– aborda as principais medidas de apoio que podem ser impostas a intermediários online para a obtenção de resultados práticos;
– estuda a adequação, a necessidade e a proporcionalidade em sentido estrito dessas medidas de apoio;
– aponta as principais dificuldades da tutela específica, a pressão econômica e os intermediários online e o “efeito Streisand” na Internet;
– sugere, entre outras propostas, a regulamentação dos usos da informação e da retenção de dados e a necessidade de uma interpretação gradual do direito à privacidade.

Visto aqui.

Publicado em Direitos de Autor, Educação, Formação | Etiquetas | Publicar um comentário

Imagem corporal, desafios e caminhos

Adobe Spark Page

Imagem | Publicado em por | Etiquetas | Publicar um comentário