Redes colaborativas na educação

redes

O uso das redes sociais na educação é ao mesmo tempo, conteúdo e ferramenta. Facilita a aprendizagem e é uma competência requerida para trabalhar com os alunos. O sentido, a pedagogia e o perfil destes espaços devem ser pensados em função destes dois sentidos.

Exemplos deste tipo de redes:

Leoteca: A rede social para meninos leitores

Leoteca é uma rede social de livros infantis onde crianças, pais e professores podem falar das suas leituras e partilhar gostos e opiniões. Esta comunidade virtual, especialmente desenhada para a participação dos mais pequenos, tem como objetivo fomentar a leitura e proporcionar a famílias e docentes as ferramentas necessárias para seguir a evolução leitora das crianças. Como ferramenta de apoio na aula, os professores de Língua castelhana e literatura, de segundas línguas ou de outras disciplinas têm um recurso ideal para envolver os seus alunos da Primária e Secundária na leitura. []


FQ em Rede – Comunidade Web 2.0 de Física e Química

Agora aqui: https://www.facebook.com/FQemrede/

Uma Rede de aprendizagem muito bem construída. Vale a pena dar uma vista de olhos!

A FQ em rede é uma comunidade de aprendizagem online, dedicada à discussão e partilha de conteúdos, em torno da Física e da Química. Está online desde 1 de janeiro de 2010 e destina-se, sobretudo, aos alunos e professores do ensino secundário. Porém, entre os seus membros estão também estudantes do ensino superior e outros interessados pela ciência. Ler mais

Internet na aula

Define-se como uma comunidade de professores que partilham experiências e recursos para o uso da Internet na aula.


Professores unidos pela música

Rede social dirigida a professores de música. A sua função principal é oferecer recursos e tutoriais para a disciplina de música e dar a conhecer distintos géneros musicais, danças e intérpretes.


Práticas em Rede

Define-se como um espaço para o intercâmbio e a construção coletiva do conhecimento.

…do Ministério da Educação da Argentina.


PIL Network [Microsoft]

Os professores inovadores dão a conhecer experiências na aula com a tecnologia.

Esta Rede congrega mais de 4 milhões de educadores de diferentes países.


A construção dos “ambientes pessoais de aprendizagem” (identidade digital)

A Associação Kristau Eskola, que agrupa 136 centros de ensino da Comunidade Autónoma Basca, pôs em marcha este ano diversas iniciativas para melhorar a competência TIC dos professores da sua rede…


Redes sociais na primária

Metodologia baseada no modelo construtivista de ensino e aprendizagem, e aprendizagem cooperativa. Ver: Como o vamos fazer?


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s