O modelo Flipped Learning e o desenvolvimento do talento na escola = Flilpped Learning model and the development of talent at school

 Secretaría General Técnica. Centro de Publicaciones. Ministerio de Educación, Cultura y Deporte

Secretaría General Técnica. Centro de Publicaciones. Ministerio de Educación, Cultura y Deporte – Download

Os sistemas educativos e, portanto, a escola, têm-se baseado fundamentalmente no critério da idade para agrupar os seus alunos, o que tem um efeito indesejado tendo em conta as diferenças individuais dos estudantes que são relevantes para responder ao seu desenvolvimento pessoal. Este facto é particularmente grave quanto os alunos se afastam das características “típicas” do seu grupo de idade, seja por defeito ou por excesso. Tal é o caso dos alunos mais capazes, cujas peculiaridades, particularmente as cognitivas, se apresentam à luz de uma atenção diferencial. Entre elas destacam-se a precocidade e a velocidade de aprendizagem. A análise do desenvolvimento dos alunos mais capazes leva-se a cabo desde uma concepção evolutiva, apresentam-se as suas características mais relevantes e estudam-se as possibilidades de um modelo de ensino e aprendizagem que recupera para o aluno um papel central convertendo-o em protagonista da sua própria aprendizagem, de maneira que se abre a possibilidade a um desenvolvimento dos aprendizes que respeita o seu ritmo e profundidade de aprendizagem e lhes permite, ao menos teoricamente, mover-se pelo currículo à velocidade que a sua capacidade e nível de domínio lhes permite. O modelo de aprendizagem inverso ou “flipped classroom” analisa-se  com detalhe e valorizam-se os dados da eficácia do mesmo baseados na investigação mais recente, o tempo que se relaciona com outros modelos vinculados, como a aprendizagem mista e o desenho universal da aprendizagem. Todos eles com uma concepção e orientação clara à volta da personalização da aprendizagem. Analisam-se, finalmente, as possibilidades deste modelo para o desenvolvimento do talento, não só dos mais capazes mas também de todos os alunos.

  • Editora: Secretaría General Técnica. Centro de Publicaciones. Ministerio de Educación, Cultura y Deporte
  • Proposto por: Instituto Nacional de Evaluación Educativa
  • Autor/es: Tourón, Javier ; Santiago, Raúl
  • Fonte: Revista de educación nº 368, abril-junio 2015, pp. 196-231
  • Ano  de edição: 2015
  • Idioma: espanhol – inglês

Sobre Jorge Borges

Professor.
Esta entrada foi publicada em Educação, sala de aula invertida com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s