Três respostas para o abandono escolar

Apesar dos avanços no sistema educativo, o fenómeno do abandono escolar continua a ser um problema muito premente em vários países. Neste programa, olhamos para estratégias que têm obtido bons resultados na missão de trazer de volta os mais jovens para a sala de aulas.

Uma viagem ao mundo subterrâneo de Bucareste, onde muitas crianças de rua procuram abrigo entre os túneis do metro e as condutas de saneamento. Os números são da UNICEF que afirma existirem cerca de 1500 crianças de rua em Bucareste, a capital da Roménia. Um facto que se junta à herança histórica da era Ceausescu, cujo colapso lançou luz sobre a realidade de milhares de crianças abandonadas. Liviu era uma delas. Há 25 anos que se abriga no sistema de saneamento da cidade. Se conseguiu sobreviver até hoje, garante, foi por causa da ajuda de uma ONG chamada Parada. O projeto foi criado por um humorista francês, Miloud Oukili, que na década de 90 decidiu inspirar as crianças de rua através do circo. Daí surgiu a Parada, onde os mais novos podem aperfeiçoar talentos, adquirir competências pedagógicas e ter acesso a formação profissional. (…)

Continuar a ler

Sobre Jorge Borges

Professor.
Esta entrada foi publicada em Abandono escolar, Educação. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s