A revolução digital: oferece oportunidades ou gera novas brechas?

A revolução digital oferece novas oportunidades ou gera novas brechas entre as nações e as pessoas?

Recomenda-se um bom livro. Humanizing the Digital Age [Üner Kirdar, editor. 2007. UN]. Esta obra traz uma mão cheia de verdades incómodas que chegam para reflectir por um bom bocado. A pergunta central à volta da qual giram os ensaios deste livro das Nações Unidas e da Kadir Has University (Turquia) apresenta o seguinte:

Sem cair em fórmulas mágicas este texto analisa a partir de diferentes perspectivas os cenários e estratégias tomados por 5 países. China, Espanha, Índia, Turquia e Irlanda, cada um deles rumou à sociedade do conhecimento por caminhos muito diferentes. Há dados que este texto apresenta que não deixam de impressionar (preocupar e surpreender). Aqui fica uma pequena selecção de alguns deles:

  • A informação transmitida durante um mês pela Internet em 1997, em 2001 transfere-se em um segundo via fibra óptica. O custo de emitir 3 milhões de unidades de informação entre Los Angeles e Boston em 1997 era de U$150 e reduziu-se a 3 centavos de dólar em 2001.
  • Nos últimos 10 anos nos EUA criaram-se 34 milhões de novos empregos (quem está a formar estes novos profissionais, como e para quê?)
  • Do bilião de seres humanos que têm acesso à Internet, 50% provem dos países do G8 que equivale apenas a 14% da população do planeta. ( 50%!!! Quer dizer, entre o resto dos 200 e tantos países do mundo reparte-se a miserável soma de 500 milhões de pessoas ligadas. Se pensarmos que o mundo tem 6,000 milhões de habitantes…).
  • As três inteligências da cognição humana (Sternberg, 1998) são: inteligência analítica, inteligência criativa e inteligência prática. (Se é assim, então por que é que continuamos a ensinar as crianças à base da memória?)
  • Menos de 3 de cada 100 africanos usam a Internet, comparados com 1 de cada 2 habitantes do G8 que tem acesso à Rede.
  • Toda a África (mais de 50 países) tem menos utilizadores da Internet que toda a França.
  • A Dinamarca conta com mais do dobro de conexão global de banda larga que a que possui toda a América Latina e as Caraíbas juntos.
  • África tem uma média de 3 telefones fixos por cada 100 habitantes. Do total de 26 milhões de linhas telefónicas, 75% está concentrado em apenas 6 das 55 nações africanas.
  • África representa 13% da população do planeta, mas tem só 3,7% de todos os telefones fixos e telemóveis de todo o mundo.
  • Em 1999 80% da população mundial não tinha acesso a um computador.

    Se bem que países como a Irlanda ou a Índia registem avanços significativos na sua inserção no concerto da sociedade do conhecimento, oferecendo serviços de alto valor agregado, desenho de software, negócios centrados na produção de software, hardware e mão de obra altamente qualificada que trouxe notáveis melhorias no campo da macro economia, também existe o lado escuro deste panorama. Todas estas melhorias não se vêem reflectidas na mobilidade social, na redução da pobreza, na integração dos sectores rurais excluídos, na oferta de fontes de trabalho à mão de obra “não” qualificada.

    Definitivamente, o mais aberrante, o que há por trás de todas estas maravilhas da terra prometida da sociedade do conhecimento é que oferece o que chamamos um perverso “crescimento selectivo”, a que nem todos têm acesso nem de que se pode beneficiar. Novas maneiras de gerar riqueza. Novas formas de produzir pobreza.

    Um texto cheio de perguntas.

    Links Relacionados:
    ICT Success Stories Portal. (Outros sítios similares na UN).

    Anúncios

    Sobre Jorge Borges

    Professor.
    Esta entrada foi publicada em Brecha Digital, Educação, Formação, Internet, Sociedade da Informação, tecnologia, TIC, Web. ligação permanente.

    Deixe uma Resposta

    Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

    Logótipo da WordPress.com

    Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

    Facebook photo

    Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

    Google+ photo

    Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

    Connecting to %s