Um finlandês de 15 anos, condenado por difundir um vídeo difamatório de uma professora

É a primeira vez que um tribunal do país nórdico admite como prova condenatória um vídeo publicado na Internet

_

O aluno colocara um vídeo de uma professora sua no YouTube e o tribunal determinou que o estudante pague uma multa de 800 euros por danos e prejuízos, assim como uma multa de mais 90 euros.

O estudante filmou a sua professora cantando durante una festa celebrada na sua escola e publicou o vídeo, titulado em inglês, em YouTube deu-lhe o título de ‘Karaoke no manicómio’. A mulher processou o jovem e pediu 2.000 euros por danos e prejuízos.

Segundo o tribunal, a quantia da indemnização é menor porque o acusado é menor de idade e eliminou o vídeo da web menos de duas semanas depois do que solicitara o director da escola.

Origem aqui.

Anúncios

Sobre Jorge Borges

Professor.
Esta entrada foi publicada em Educação, Sociedade da Informação, Web. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s